Feeds:
Posts
Comentários

Tá reclamando de quê?

Tá, eu admito, tirei esse post de uma corrente de e-mail… podem me levar, sou culpado!

Mas, cá entre nós, acho que essa foi uma das únicas correntes decentes e com conteúdo que já recebi, e ainda tem tudo a ver com o blog! Que beleza!

Se liguem no conteúdo da menina:

(OBS: deixei os 3 primeiros itens da lista em letras mesmo, pois daria trabalho mudar para números e eu não queria botar no final da lista, acho que eles ficam melhor aqui mesmo)

Tá Reclamando do Lula? Do Serra? Da Dilma? Do Arrruda? Do Sarney? Do Collor? Do Renan? Do Palocci?  Do Delubio? Da Roseanne Sarney? Dos políticos distritais de Brasilia? Do Jucá? Do Kassab? Dos mais 300 picaretas do Congresso?

Brasileiro reclama de quê?

O Brasileiro é assim:

A- Coloca nome em trabalho que não fez.

B- Coloca nome de colega que faltou em lista de presença.

C- Paga para alguém fazer seus trabalhos.

1. – Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.

2. – Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas.

3. – Suborna ou tenta subornar quando é pego cometendo infração.

4. – Troca voto por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, e até dentadura.

5. – Fala no celular enquanto dirige.

6. – Usa o telefone da empresa onde trabalha para ligar para o celular dos amigos (me dá um toque que eu retorno…) – assim o amigo não gasta nada.

7. – Trafega pela direita nos acostamentos num congestionamento.

8. – Para em filas duplas, triplas, em frente às escolas.

9. – Viola a lei do silêncio.

10. – Dirige após consumir bebida alcoólica.

11. – Fura filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.

12. – Espalha churrasqueira, mesas, nas calçadas.

13. – Pega atestado médico sem estar doente, só para faltar ao trabalho.

14. – Faz “gato” de luz, de água e de tv a cabo.

15. – Registra imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisórios, só para pagar menos impostos.

16. – Compra recibo para abater na declaração de renda para pagar menos imposto.

17. – Muda a cor da pele para ingressar na universidade através do sistema de cotas.

18. – Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou 10, pede nota fiscal de 20.

19. – Comercializa objetos doados nessas campanhas de catástrofes.

20. – Estaciona em vagas exclusivas para deficientes.

21.. – Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado.

22. – Compra produtos pirata com a plena consciência de que são pirata.

23. – Substitui o catalisador do carro por um que só tem a casca.

24. – Diminui a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do ônibus, sem pagar passagem.

25. – Emplaca o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA.

26. – Frequenta os caça-níqueis e faz uma fezinha no jogo de bicho.

27. – Leva das empresas onde trabalha, pequenos objetos, como clipes, envelopes, canetas, lápis… como se isso não fosse roubo.

28. – Comercializa os vales-transporte e vales-refeição que recebe das empresas onde trabalha.

29. – Falsifica tudo, tudo mesmo… só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado.

30. – Quando volta do exterior, nunca diz a verdade quando o fiscal aduaneiro pergunta o que traz na bagagem.

31. – Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve.

32 – Pede ao amigo que está em algum trabalho público, principalmente político, um lugarzinho para seus filhos em vez de estimulá-los a estudar e conseguir seus próprios empregos….

33 – Não se importa (muitas vezes até ajuda) se seu filho faz parte daquele grupo que fraudou o  concurso público e passou, em detrimento de outros candidatos que honestamente tentaram passar…. (olha aí: concurso na área jurídica)….

34 – Vai até a escola e paga o maior esporro na professora ou professor que deu a bronca em seus filhinhos…

35 – Faz vista grossa quando seu filhinho ainda pequeno chega da escola com pequenos objetos que não lhe pertencem ao invés de fazê-lo devolver no dia seguinte;

36 – Não respeita e não cumpre as leis;

37 – Adultera documentos para entrar em  locais proibidos para menores, com a conivência dos pais;

E quer que os políticos sejam honestos….

Escandaliza-se com o mensalão, o dinheiro na cueca, a farra  das passagens aéreas…

Esses políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povo, ou não?

Brasileiro reclama de quê, afinal?

Retirado de: http://www.intoleravel.com.br/2011/07/11/ta-reclamando-de-que/ em 25/09/2012 às 15:00 hs.

Bem, como todos sabem nos últimos dias houve muita movimentação no tabuleiro político local. O situaçionismo perdeu um aliado importante “Edson Barbosa”, eles juram que o mesmo não era tão importante, mas a julgar pelas postagens dos blogueiros situacionistas foi um golpe muito duro. Agora estão querendo a todo custo destruir a reputação de Edson, aí vem a pergunta se ele não era tão importante, porque esse chororô todo? São coisas que não dá para entender, quem souber me explique, por favor.

O blogueiro situacionista, aquele que é a Mirian Leitão de Baraúna (esse menino entende de tudo), agora entende de hierarquia acadêmica. Pois é, está dizendo que Valdecy não é doutor. Doutor é médico e advogado. Com isso está demonstrando que não respeita os cidadãos de nossa terra e nem muito menos entende o que significa um Doutorado. É por causa de “entendidos” assim que a educação baraunense é tão defasada.

Nos últimos dias foi um festival de nomeações, ninguem com experiência para exercer os cargos. Vamos torcer para que façam um bom trabalho, caso contrário estaremos aqui para cobrar.

Se alguem souber, por favor  me responda, pois não sei. Existe um blogueiro que vive usando esse bordão, vereador sem mandato, Um vereador com mandato já não é lá essas coisas, imagine sem mandato. Isso faz parte das estratégias do blogueiro que não acerta uma. É um verdadeiro festival de trapalhadas  se mete onde não deve, fala de assuntos que não entende, por de uns trocados defende qualquer um, etc.

E ainda por cima, tem pessoas que pagam muito caro para ser defendido por ele. Esse tipo de gosto não se discute, lamenta-se.

Na quarta-feira (16), entrou em vigor a lei que permite o acesso as informações em orgãos públicos. Todo cidadão tem o direito a requerer informações, e o acesso a ela não pode ser negado, desde que não seja confidencial.

Baraúna tem uma tradição em ocultar as informações, é quase uma via crucis conseguir alguma informação. Fica aquele jogo de empurra, o objetivo é vencer o cidadão pelo cansaço. Sem falar você não é visto com bons olhos, pois você é metido, brigão, inconformado e outros adjetivos mais. Estamos no século XXI, na era da informação muitos municípios mais pobres até do que  nós tem um site, mas aqui a prefeitura não tem site e nem muito menos a câmara municipal. É um atraso só, talvez seja para ocultar as informações mesmo.  Esse desrespeito tem que acabar, precisamos estar inteirados do que acontece na prefeitura e na câmara, só esse ano já fomos vítimas de várias manobras justamente pelo fato  de não conhecermos a ordem do dia da câmara municipal. O povo exige respeito.

Espero que os próximos gestores mudem esse quadro.

Derrubando o mito

Existe um mito recorrente na sociedade baraunense que é “Rico não precisa ser corrupto, pois já tem dinheiro suficiente”. Essa falácia tem sido muito utilizada ultimamente para tentar convencer a população a votar nestas pessoas. No entanto observamos o contrário, o endinheirado assume e se torna uma decepção para a população. Os defensores desta ideia talvez desconheçam o adágio popular que diz “A riqueza é como a água salgada, quanto mais se bebe, mais sede se tem”. Só o fato de ter ou não dinheiro não quer dizer nada. No final das contas o que vale mesmo são os princípios éticos e morais. Se a pessoa zela por estes princípios, pode ser rico ou pobre, sempre saberá fazer o que é certo.

Portanto não se deixe enganar analise bem as propostas e a postura dos seus candidatos nestas eleições.

Rosalba Ciarline e seu marido Carlos Augusto.

A governadora Rosalba Ciarline pretende acabar com os boatos sobre o marido ser o governador de fato. Nos próximos dias pretende nomea-lo para o gabinete civil, essa nomeação foi sugerida pelo deputado Henrique Alves e pelo ministro Garibaldi Alves. Algumas pessoas estão cogitando o fato da governadora estar descumprindo a lei que rege a nomeação de parentes “lei do nepotismo”, só que existe uma brecha, a nomeação de parentes é permitida desde que este venha a ocupar um cargo político. Pelo visto os constantes boatos tem incomodado a governadora.

Essa parceria entre a governadora e o marido tem sido marcada pelo insucesso. Ela vive reclamando sobre uma possível herança maldita deixada pelo governo Vilma. Só que após 1 ano e 5 meses de governo é impossível olhar para o retrovisor e não ver o próprio reflexo. Triste destino esse do RN que ultimamente tem sido vítima da ingerência e da falta de experiência. A governadora já amarga altos índices de rejeição, se continuar assim vai ficar difícil ir para reeleição.

Esclarecimento

Devido a vários comentários insultuosos sobre minha identidade e  a minha possível participação em partidos políticos locais, venho fazer este esclarecimento. Antes de dizer quem sou, vou dizer quem não sou. Não sou filiado a nenhum partido político local, não sou simpatizante da oposicão e nem muito menos da situação, não sou criador de factóides.  Somos apenas observadores populares, isto mesmo, não somos apenas um, mas vários observadores populares. Em cada esquina, em cada canto desta cidade existe um observador popular. Neste momento vocês podem estar vendo ou conversando com um observador popular.